Blog

26 mar

O que é subsídio em financiamento imobiliário?

Se você já está se planejando para a compra de um imóvel próprio, seja ele uma casa ou um apartamento, deve ter visto por aí algo sobre “subsídio” oferecido pela Caixa Econômica Federal. 

 

Você sabe o que isso significa e quem tem direito a esse subsídio? Descubra essas e outras informações sobre o assunto a seguir.

O que é o subsídio habitacional?

 

A fim de tornar a compra do primeiro imóvel mais acessível para as famílias consideradas de baixa renda, o Governo Federal oferece um valor – o subsídio – que abate parte do custo total da casa ou apartamento prestes a ser adquirido, por meio do programa Minha Casa Minha Vida.

 

Isso significa que se uma pessoa, ao simular a compra de um apartamento de R$130 mil, consegue um subsídio de R$25 mil, o valor total a ser financiado será de R$105 mil. Afinal, os R$25 mil restantes são quitados pelo programa Minha Casa Minha Vida. É como uma espécie de abatimento de valor ou desconto, por exemplo. 

 

Ou seja, facilita bastante a vida de quem precisa de uma mãozinha na aquisição da casa própria.

Quem tem direito ao benefício?

 

Você não sabe se tem ou não direito ao subsídio? Então descubra quais os pré-requisitos para obter o benefício.

 

Para ter direito ao subsídio é preciso:

  • Ser cidadão brasileiro ou naturalizado brasileiro;
  • Ter idade a partir de 18 anos;
  • Se enquadrar em uma das faixas beneficiárias do programa Minha Casa Minha Vida;
  • Não ter nenhum imóvel residencial próprio (quitado ou financiado) em seu nome.

 

Além disso, o beneficiário não pode ter recebido benefício anterior de programa habitacional do Governo Federal, seja ele o próprio Minha Casa Minha Vida ou qualquer outro.

 

O que determina o valor de um subsídio?

 

“Todo subsídio possui o mesmo valor?” você pode estar se perguntando. E a resposta é não. Existe uma série de fatores que influenciam no valor total do subsídio oferecido para cada cidadão, entre eles a renda familiar do solicitante, as condições, idade e preço do imóvel escolhido, além da região. 

 

Ou seja, não se trata de um benefício padronizado.

 

O primeiro requisito que influencia é a renda familiar. Isso significa que quanto menor for a renda de quem solicita o subsídio, maior será o valor aprovado para a compra do imóvel. O programa Minha Casa Minha Vida agrupa os beneficiários por faixa. São elas: 

 

Renda           Faixa           Subsídio
Até R$ 1,8 mil mensal              1           Muitas chegam a ter mais de 90% do valor do imóvel subsidiado
R$ 2,6 mil mensais            1,5           Subsídios que chegam a R$ 47,5 mil
R$ 4 mil mensais             2           Subsídios que chegam a R$ 29 mil
Acima de R$ 4 mil mensais             3           Não há subsídios

 

Vale lembrar que, apesar de não haver subsídios para todas as faixas, os cidadãos que se enquadram no programa Minha Casa Minha Vida conseguem juros de financiamento mais baixos de acordo com a sua renda. Vale a pena consultar!

Como calcular o valor do subsídio ao qual se tem direito?

 

Agora que você já sabe o que é subsídio, quem tem direito, quais as faixas do Minha Casa Minha Vida – e o valor máximo que o subsídio pode chegar em cada uma dessas faixas –, é hora de descobrir qual exatamente é o valor concedido para a compra do seu apê.

 

Para saber qual a estimativa total, considerando o custo do apartamento e a sua renda familiar, é possível usar um dos simuladores disponíveis online e fazer por conta própria ou pedir ajuda ao corretor. 

 

O mais indicado é fazer essa simulação junto ao corretor, por se tratar de alguém que tem experiência com essa ferramenta. Afinal, qualquer detalhe pode fazer a diferença no resultado. Por isso, entre em contato direto com a 3R e tire todas as suas dúvidas: (15) 3346-6067.

Você vai gostar de ler

Deixe seu comentário

Compare